Entrou hoje em juízo ação de responsabilidadade civil extracontratual contra o Banco de Portugal e o Estado

Entrou hoje no Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa uma ação administrativa em que se pede a condenação do Banco de Portugal, do Estado, do ex-Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, do ex-Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho e do Governa dor do Banco de Portugal, Carlos Costa por, no essencial, terem ocultado informação relevante a boa gestão dos investimentos no Banco Espírito Santo e terem, depois da resolução, ocultado totalmente a informação que seria indispensável para responsabilizar os membros dos órgãos sociais do BES.

Sustentam os AA., que são pequenos investidores do BES que, se o Banco de Portugal e o Estado tivesse fornecido ao mercado a informação relevante, não teriam eles feito os investimentos que fizeram ou teriam alienado a tempo os seus títulos.

O direito a indemnização por responsabilidade civil extracontratual do Estado e das entidades públicas prescreve no dia 2 de agosto próximo.

Esta ação é patrocinada pelos advogados da Miguel Reis & Associados, de Lisboa.

Comments are closed.