Fundo de Resolução dá novos estatutos ao Novo Banco que lhe abrem portas a uma venda faseada

O Fundo de Resolução, único acionista do Novo Banco, alterou os estatutos daquela entidade bancária. Esta mudança, escreve o Diário Económico, permite que possa ser feita uma venda faseada do capital a investidores privados.

Os estatutos do Novo Banco foram alterados pelo seu único acionista: o Fundo de Resolução. De acordo com o noticiado hoje (29-09-2014) pelo Diário Económico, o objetivo desta alteração é o de permitir a entrada faseada de investidores privados no capital do banco.

Ao Diário Económico, fonte oficial do Banco de Portugal explicou que esta alteração “prevê, portanto, a alienação parcial das ações do banco de transição”.

Agora, um investidor privado tem a possibilidade de entrar no capital do Novo Banco, mesmo antes de o Fundo de Resolução proceder à alienação da totalidade do seu capital na entidade.

Link: http://www.noticiasaominuto.com/economia/282624/novo-banco-tem-novos-estatutos-abrem-portas-a-venda-faseada?utm_source=vision&utm_medium=email&utm_campaign=daily

Comments are closed.