Novo Banco em Espanha deve ser vendido por menos de 100 milhões

Citamos

NegóciosOs norte-americanos do Lone Star estão a vender o negócio do Novo Banco em Espanha, numa operação que deverá ser alienada por menos de 100 milhões de euros. A informação é avançada pelo jornal espanhol Expansión.

De acordo com a publicação, que cita fontes do Deutsche Bank – o banco contratado para assessorar a operação – o negócio atraiu inicialmente um número limitado de interessados. Como já tinha avançado o Invertia, o jornal de economia do El Español, o Abanca – que desistiu agora de comprar o EuroBic – e o Andbank foram as primeiras entidades a manifestarem o interesse neste ativo.

As fontes consultadas pelo Expansión consideram, por isso, que, se surgir um comprador, este pagará menos de 100 milhões de euros pelo Novo Banco em Espanha. Ou seja, o equivalente a cerca de metade do seu “book value”, indicam as mesmas fontes.

Segundo o jornal, há vários obstáculos a travar o interesse nesta operação, nomeadamente a baixa rentabilidade do banco e ainda o facto de ser uma subsidiária e não uma instituição financeira com sede em Espanha.

Foi no final de maio que o El Confidencial avançou que os norte-americanos do Lone Star decidiram pôr à venda a operação do Novo Banco em Espanha. Uma decisão que, segundo o jornal, citando fontes financeiras, já foi comunicada por António Ramalho, CEO do Novo Banco, aos funcionários da subsidiária.

 

O negócio do Novo Banco em Espanha está à venda. Uma operação que, segundo o jornal espanhol Expansión, deverá ser alienada por menos de 100 milhões de euros, ou seja, cerca de metade do seu “book value”.

 

Comments are closed.