O que vai a CPI ao Novo Banco escrutinar em 120 dias

Citamos

Económico

Partidos ainda estão a trabalhar nas listas de documentos a que querem ter acesso, mas o Bloco de Esquerda já definiu vasto leque.

A resolução do Banco Espírito Santo (BES) em 2014 e a venda do Novo Banco ao Lone Star continuam envoltas em polémica. Os deputados não ficaram satisfeitos com os esclarecimentos sobre o caminho traçado pela instituição liderada por António Ramalho e avançaram com a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) às perdas registadas pelo Novo Banco e imputadas ao Fundo de Resolução, que tomou posse na semana passada.

Os 17 deputados efetivos da CPI têm até ao dia 28 de dezembro para apresentar a lista de documentos a que pretendem ter acesso e de personalidades que querem inquirir. Ao que o Jornal Económico apurou, a maioria dos partidos ainda estão a trabalhar nas listas dos dados a que querem aceder e dos nomes que querem ouvir.

O PAN só prevê ter a informação definida na próxima semana, enquanto o Iniciativa Liberal apontou para dia 27 de dezembro.

Comments are closed.