Salgado quer manter reforma de 52 mil euros

Citamos

Sábado

O Novo Banco e o Fundo de Pensões estão em guerra com o ex-banqueiro. Mas Ricardo Salgado tem ganho sempre e, agora, exige nos tribunais que lhe paguem mais de 300 mil euros e juros.

Reformado aos 70 anos, o antigo banqueiro saiu de cena ainda antes da resolução do Banco de Portugal e, em julho de 2014, conseguiu que lhe fosse oficialmente reconhecida uma reforma milionária de 51.862,25 euros brutos por mês.

O então fundo de pensões do BES fez os cálculos do montante a pagar. Segundo os documentos a que a SÁBADO teve acesso, estavam em causa os seguintes valores mensais brutos: cerca de 3.100 euros de pensão base por Salgado ter trabalhado no setor bancário e outros cerca de 48.700 euros divididos por dois planos complementares previstos no fundo. O total de pagamentos estendia-se por 14 meses/ano.

Assine já a edição digital por 1€  para ler o artigo na íntegra ou encontre-o na edição em banca a 7 de Fevereiro de 2019

Comments are closed.